RSS Feed

É Proibido Fumar

Postado em em Crônica por Mauro Medeiros

Entra em Vigor Lei Antifumo no Estado de SP

Nova lei prevê severas punições aos estabelecimentos, bares, restaurantes, hotéis, áreas comuns de condomínios… Enfim, bastou ter uma parede e um teto não se pode mais fumar, até os tão conhecidos fumódromos das empresas privadas estão proibidos, é só fazer fumaça em local fechado e estará infringindo a lei.
Quem quiser fumar que o faça ao ar livre, na rua, mas cuidado com quem vem atrás, pode ser um “patrulheiro” desavisado que irá falar poucas e boas, pois muita gente ainda não sabe detalhes da lei.
É claro que campanhas foram feitas e o já tão aclamado Dr, Drauzio Varella foi o grande símbolo e, o que se pode chamar de “garoto propaganda”, para dar mais credibilidade ao ato.
As campanhas foram bem educativas e estiveram em todos os meios de comunicação alertando dos malefícios do tabaco, mas o que não ficou muito claro e por isso fica difícil também de explicar aqui, foi em relação aos detalhes da legislação.
Pois, muitos fumantes sentiram-se excluídos, e seguem em seus questionamentos até mesmo sobre discriminação.
Mas quanto a isso cabe um lembrete:
“O fumante não está proibido de frequentar lugares fechados, desde que não fume, isso não é uma escolha do Estado, como muitos estão falando e reclamando (em sua maioria fumantes), mantendo-se assim o direito de ir e vir, não haverá um fiscal apalpando ninguém nas entradas de clubes, bares e restaurantes, como se fossem seguranças à procura de armas escondidas ou maços de cigarros, ninguém será discriminado, que fique bem claro”.
Caberá às empresas, estabelecimentos e todos anteriormente já citados, o real cumprimento da lei, pois multas severas e a perda da licença para funcionamento estão previstas como punição.
Não há pena determinada ao fumante, mas nem por isso ninguém vai poder acender o cigarro debaixo da mesa, pois a fumaça sobe, e com a intenção de defender o fumante passivo, aos olhos da lei em local fechado é proibido fumar.
E tão logo soem as doze badaladas desta sexta-feira, cerca de 500 agentes da nova lei antifumo, sairão às ruas, para multar os estabelecimentos que permitirem a prática do tabagismo em local fechado.
“500 agentes contra o fumo”, é um efetivo bem reduzido em se tratando de uma lei estadual, mas quem sabe, podem ser semelhantes aos “300 de Esparta”!
Ficam liberados de cumprir a nova legislação os locais de culto religioso em que nos rituais faça parte a prática do tabagismo, as tradicionais charutarias destinadas ao fumo e instituições de saúde, em que os pacientes sejam autorizados por seu médico a fumar.
Ou seja, escolha a sua turma e faça como bem preferir, acredito que muita gente irá se converter a alguns cultos e “dar passagem” para um “Caboclo” ou “Preto Veio”…

Comentários

  1. Karina disse:

    Fantástico !

  2. Luis disse:

    Apoio total a nova lei.

Comentar